Pra onde caminha a assessoria de Imprensa e de Comunicação?

Vida Universitária
Typography

Semana Acadêmica reúne ex-alunos para abordar tendências e desafios da Assessoria de Imprensa.

 

Na manhã dessa quinta-feira (11), a Universidade Fumec trouxe três ex-alunos para palestras seguidas de debate sobre o tema “Pra onde caminha a assessoria de Imprensa e de Comunicação?”. O evento contou com os assessores de comunicação, Leonardo Steffano (Usiminas); Marina Bhering (Assossiação Mineira de Defesa do Ambiente - AMDA) e Victor Komura (Mineirão). 

O assessor da Usiminas iniciou o evento tocando em um ponto que muitos enxergam de forma pessimista: a crise. Porém, segundo ele, vista de forma otimista, esta pode ser positiva para separar aquilo que é ruim do que é bom, fazendo assim uma alusão a sua equipe de trabalho. O assessor deve sempre ficar atento, com um olhar observador, pois crises e situações adversas podem surgir de onde menos se espera. Para Steffano, comunicação é muito mais que uma conversa, é preciso procurar se relacionar bem com a sociedade e a população, pois é o legado que fica. "Comunicação não é release, é se comunicar com todos que se interessam em determinado assunto", afirmou. 

A assessora de comunicação da AMDA, Marina Bhering, critica a pouca importância dada ao jornalismo ambiental, sua área de atuação. A ONG conta com a parceria de empresas que atuam no setor do meio ambiente. A exemplo de projeto desenvolvido pela entidade nas escolas, para mostrar às crianças a importância de se preservar o meio ambiente, ela ressalta a necessidade de ensinar, desde cedo, que não se deve criar animais silvestres dentro de suas casas e que todos não só podem, como devem preocupar-se com o meio ambiente. Bhering mostrou ainda reportagens relacionadas ao assunto e as dificuldades encontradas para dar ênfase ao tema do meio ambiente. 

Para finalizar, Victor Komura relatou seu percurso profissional, opinou  sobre a importância das redes sociais hoje, contando sobre a reforma que o Mineirão passou e a comunicação realizada com seu público nas diversas redes sociais, com destaque para o Twitter. Komura pontuou dificuldades para conduzir a comunicação do espaço visando a visibilidade e o acesso ao público. O assessor deixou um conselho para os alunos que, segundo sua experiência, tem dado certo: a transparência, uma lição que aprendeu e leva por toda sua vida profissional. Confira mais em nossa Galeria de Fotos

 

Inscreva-se através do nosso serviço gratuito de subscrição de e-mail para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.