23
Qui, Maio

Homenagem póstuma e Previdência pautam palestra e seminário do direito

Vida Universitária
Typography

Sempre atento aos fatos que interessam ao seu universo acadêmico, o curso de direito da Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde (FCH), da Universidade Fumec, desta vez, realiza dois eventos consecutivos que abrem, com destaque, o seu calendário 2017, mobilizando o interesse de professores e alunos da instituição.

Nesta quinta-feira, dia 30, às 19h, a Sala 309 (FCH), com suas 120 acomodações, será pequena para abrigar a plateia que assistirá à palestra “A introdução do Direito Econômico do Brasil” do professor da PUC/MG e UFMG, Giovani Clark, em homenagem póstuma ao seu ex-mestre, jurista e docente da UFMG e Fumec, Washington Peluso Albino de Souza.
Autor de várias obras dedicadas ao estudo do direito econômico, onde se destaca o consagrado “Primeiras linhas de Direito Econômico”, Albino ostenta um currículo que inclui atuações como jornalista de rádio e jornal, secretário municipal da Fazenda e presidente da Fundação Brasileira de Direito Econômico, entidade que criou em 1972. Como docente, coube-lhe a responsabilidade de introduzir esta área do direito como disciplina do curso da UFMG. Em 26 do mês passado, o homenageado faria 100 anos.

Previdência
Na mesma sala 309, neste sábado, 1º dia, durante três horas (entre 9h e 12h), a alunos e professores terão a grande possibilidade de assistir à palestra e participar dos debates sobre o polêmico tema “Reforma Previdenciária: verdades e mentiras”. A partir da palestrante, advogada e presidente do Instituto de Defesa Coletiva (IDC), entidade que agrega sindicatos e federações dos trabalhadores de Minas Gerais, Lilian Salgado, outros dois palestrantes participarão do evento: o professor Roberto Carvalho e o advogado Diogo Leonel, respectivamente, presidente e diretor do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprevi). Como membros permanentes da Comissão de Direito Previdenciário da OAB/MG, os três especialistas fizeram questão de atribuir importância ao seminário da FCH, com base em dois aspectos: “produção de informações e esclarecimentos sobre o contencioso tema, conscientizando os jovens sobre os riscos da reforma. Essa PEC 287 que sustenta estas mudanças é um retrocesso de perdas irreparáveis”, enfatizaram eles.

Inscreva-se através do nosso serviço gratuito de subscrição de e-mail para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.