Moda sustentável é tendência

Blog
Typography

O frio no Sul e Sudeste do país começa a mostrar a sua cara agora. Mas enquanto ainda estamos tirando os casacos do armário, para enfrentar o inverno, o mundo da moda prepara, a todo vapor,  o que vamos vestir e comprar no próximo verão.

Isso porque os meses de abril e maio foram marcados pelas temporadas de desfiles e os salões de negócios de moda. Esses eventos, chamados de “Semanas de Moda”, são importantíssimos, pois lançam para o mercado as principais tendências de uma estação.

A “antecipação” da moda é importantíssima para o mercado, já que as marcas precisam apresentar suas coleções para os lojistas que escolhem o seu “mix de produtos” e fazem os pedidos que, então, são fabricados e entregues para os lojistas. Esse processo de produção demanda um certo tempo, por isso a antecipação para apresentar as tendências.

Mas, com a internet e a velocidade da informação, às vezes, isso pode ser um pouco confuso para o público em geral. A tendência da estação atual acaba se tornando obsoleta e a novidade é o que ainda vai ser usado, o que as blogueiras e famosas já estão desfilando pelas redes sociais e que ainda não é comercializado (e quando for, já será ultrapassado). 

A grande tendência é pensar o consumo de forma consciente e faz parte de um movimento que vem ganhado cada dia mais espaço, a chamada moda sustentável, uma trend que promete seguir firme e forte por várias estações.  

A antecipação que, para o mercado, é essencial, acaba gerando insatisfação e ansiedade em muitas pessoas que, na busca de estarem sempre “dentro da moda”, tornam-se vítimas e, muitas vezes, escravas de um consumismo impulsivo, fazendo escolhas sem pensar.

E se hoje temos o privilégio de ter acesso a essa informação de moda com antecedência, que possamos utilizá-la a nosso favor. Esqueça os modismos e busque nas tendências o que é essencial para você e o que se mantém ao longo das estações.  

Na hora de assistir a um desfile, ou ver fotos de moda nas redes sociais, tente identificar as tendências principais e faça um exercício de sempre aplicar aquilo a sua realidade. O que você realmente usaria? A moda é cíclica e muitas vezes você pode encontrar no seu próprio guarda-roupa uma peça com a modelagem ou a cor da estação.

Na hora de ir às compras, não compre por impulso, pense se aquela peça que você está adquirindo pode ser usada por várias estações, ou se é apenas uma tendência passageira, que logo ficara ultrapassada.