A gente sabe quem quer ser, quando crescer...

Blog
Typography

A vida é passageira e nossos sonhos também. À medida que vamos crescendo vamos mudando os nossos planos, os sonhos, as fantasias. Tudo muda e interfere naquela famosa pergunta que te fazem lá pros seus 6, 7 anos: o que quer ser quando crescer? 

A gente quer ser tanta coisa durante tanto tempo e quando menos esperamos cai uma resposta do céu que se encaixa perfeitamente na lacuna reservada para a resposta, não passa, nem sobra. Você vê um futuro, sonha, idealiza, e vai atrás. De repente a vida se faz sozinha, você já não é mais tão criança, você tem uma consciência que é só sua, e aí, por vezes, você vê que aquele sonho de mudar o mundo, da forma como esperava quando criança, foi embora e bate um desespero e você pode querer culpar o mundo, mas a verdade é que você mudou e provavelmente cresceu e percebeu que aquilo não mais se encaixa na pessoa que você se tornou e quer ser. 

Em muitos dias se sente culpado e deixando seus sonhos de lado, mas a única verdade nisso é que, como já disse, seus sonhos mudaram e o que era apenas um sonho hoje é realidade, é concreto não é mais só ilusão, isso aumenta muito a responsabilidade das escolhas, mas a gente ainda não deixa de sonhar, de criar planos. O que acontece é que à medida que as coisas vão acontecendo, eles vão ir mudando, como tudo na vida, e você só vai saber se errou ou acertou, se você souber se olhar com sua "criança interior", ou seja, perguntar para o seu eu de 6, 7 anos se ele se orgulharia da pessoa que se tornou e das escolhas que você fez; se a resposta for sim, então fez um bom trabalho, se não, bom, talvez seja hora de repensar um pouco a vida e de se redescobrir.