E-Sports crescem como profissão

Tecnologia
Typography

Nos últimos anos, a modalidade E-Sports, ou Esportes Eletrônicos, cresce muito no Brasil e no mundo. O que era visto apenas como brincadeira e diversão, tornou-se a profissão de muitos jovens.

 

O incentivo aos esportes eletrônicos no Brasil ainda é baixo, se comparado ao de países como Estados Unidos, Coréia do Sul, Canadá e países da Europa, mas a evolução é notável quando voltamos um pouco no tempo. O país possui o melhor time de Counter-Strike: Global Offensive do mundo, o SK-Gaming. No último dia 10 de julho, o time dos seis garotos, Lincoln “fnx” Lau, Gabriel “Fallen” Toledo, Marcelo “coldzera” David, Epitacio “TACO” de Melo, Fernando “fer” Alvarenga e Wilton “zews” Prado, alcançou, pela segunda vez no ano, o topo do mundo, ao vencer, por 2x0, o norte-americano Team Liquid na final da ESL Cologne 2016. Conquistou assim um prêmio de R$1,6 milhão. O prêmio do primeiro campeonato mundial alcançado pelo time foi de U$ 500 mil dólares. Atualmente, todos os integrantes do SK-Gaming vivem nos Estados Unidos, na cidade de Los Angeles, onde fica a Gaming House da equipe.

Ao olhar especificamente para o cenário nacional, o jogo que se destaca é, sem dúvida, o League of Legends, com um campeonato oficial organizado pela criadora do jogo, a empresa Riot games, o CBLOL (Campeonato Brasileiro de League of Legends). Todos os oito times participantes do CBLOL possuem Gaming House’s localizadas em São Paulo, pois o campeonato é disputado todos os fins de semana no estúdio da empresa, localizado na capital.

O atual campeão do CBLOL é o INTZ, equipe que conquistou o tricampeonato no dia 9 de julho. Com isso, os intrépidos (como são conhecidos) ganharam um prêmio de R$80 mil e também a oportunidade de disputar o Mundial que terá início dia 29 de setembro e será sediado nos Estados Unidos, começando em São Francisco, passando por Nova York e Chicago até a final, na cidade de Los Angeles.

Recentemente, a Pain Gaming, mais tradicional organização de eSports do país iniciou seu programa de sócio-torcedor, muito conhecido no mundo do futebol. Em apenas sete dias, a Pain Gaming já ultrapassou times tradicionais do futebol brasileiro como América-RJ e Tupi-MG em número de assinantes. O que mostra a dimensão que o Esporte Eletrônico está tomando.

Os números impressionam: com a soma dos principais campeonatos divulgados em 2013, foram distribuídos mais de R$ 500 mil em dinheiro vivo nos mais variados games como “Combat Arms”, “FIFA World”, “Dota 2” e, principalmente, “League of Legends” - o grande movimentador de dinheiro que arrecadou mais de R$ 100 mil, contando apenas o CBLoL, principal campeonato brasileiro do jogo.

Os atletas de eSports mais reconhecidos do Brasil são Felipe “brtt” Gonçalves e Gabriel “KamiKat” Bohm, com 600 mil e 556 mil seguidores no Facebook, respectivamente, ambos jogadores da Pain Gaming. Brtt, como é conhecido, usando de sua popularidade devido ao League of Legends, fundou inclusive sua própria marca de roupas, a Rexpeita, aproveitando de um bordão muito usado por ele em transmissões ao vivo na internet.

Grandes canais de TV transmitem campeonatos importantes e ajudam o eSport a chegar ao grande público que ainda o conhece muito pouco. Por exemplo, a final do CBLOL, pelo Sportv; ou da E-League, importante campeonato de Counter-Strike: Global Offensive, pelo Esporte Interativo e The International, maior campeonato existente de Dota 2, pelo SBT. 

É verdade que todos os que se aventuram neste ramo ainda sofrem muito preconceito, afinal, o que a maioria questiona ao ouvir sobre o assunto é que tipo de atleta fica sentado o dia todo à frente de um computador, jogando um "joguinho". Mas, dia após dia, esses meninos, a maioria em idade escolar ou universitária, vêm lutando e se dedicando a tornar o e-Sport mais respeitado, não só no Brasil mas em todo o mundo. Assim, quem sabe um dia veremos o esporte eletrônico alcançando gigantes como o futebol, basquete e futebol americano.

Inscreva-se através do nosso serviço gratuito de subscrição de e-mail para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.