E se cada dia a gente olhar diferente?

Fotografias feitas através de dispositivo móvel.

Um olhar poético sobre aquilo que se vê enquanto o sinal não abre.

 Por: Letícia Gontijo