Em sua primeira semana, as Paralimpíadas já são um sucesso

Esportes
Typography

As Paralimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro começaram no dia 7 de setembro, demonstrando talento esportivo e força de vontade.

Até o dia 12 de setembro, foram vendidos cerca de 1,9 milhões de entradas para os eventos esportivos das Paralimpíadas. No final da competição, terão sido distribuídas 2.347 medalhas de ouro, prata e bronze. O Brasil já ganhou 35 medalhas em diferentes competições, incluindo ouro em atletismo e natação. Inclusive, a hashtag "#DanielDias”, nome do nadador paralímpico que ganhou o ouro, fez bastante sucesso no Twitter e em outras redes sociais, mostrando o apoio e orgulho dos brasileiros.

De acordo com o site EBC (Empresa Brasil de Comunicação), dados do IBGE revelaram que 6,2% de pessoas de nossa população tem algum tipo de deficiência, seja auditiva, visual, física ou intelectual. O esporte pode transformar a vida das pessoas, abrindo oportunidades, o que não é diferente para as pessoas com algum tipo de deficiência e que encontram novos horizontes em práticas esportivas. Flávio Reitz, atleta brasileiro disputa a final do evento salto em altura T42 (Créditos:Fernando Frazão/Agência Brasil)

Segundo o site da Agência Brasil, dos 285 atletas brasileiros paralímpicos que disputam os jogos este ano, cerca de 35% sofreram algum tipo de acidente que desencadeou deficiências. Mas isso não se aplica somente aos brasileiros. Por exemplo, o nadador espanhol Sebastian Rodrigues, que teve sua capacidade de locomoção degenerada após uma longa greve de fome, enquanto cumpria uma pena na prisão, hoje está participando das Paralimpíadas de 2016. Ele foi beneficiado em 1994 por uma lei espanhola que liberava presos doentes em estado grave e a oportunidade mudou sua vida. Já o judoca Harley Arruda perdeu a visão após um acidente com arma de fogo em 1999, entrou para o esporte aos 24 anos após receber um convite de Antônio Tenório – também um atleta paraolímpico. Esses são apenas dois exemplos de milhares de casos. As pessoas costumam pensar que as limitações são enormes barreiras, mas elas existem para serem quebradas e servem como prova de como o ser humano é capaz de se transcender os limites e ir adiante.



Inscreva-se através do nosso serviço gratuito de subscrição de e-mail para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.